Quem sou eu

Minha foto

Me chamo Rogério Rocha. Sou maranhense da cidade de São Luís, mas na verdade me sinto um cidadão do mundo. Sou pós-graduado em Direito Constitucional (Universidade Anhanguera-Uniderp-LFG), pós-graduado em Ética (IESMA), Graduado em Filosofia e Direito (UFMA), mestrando em Criminologia na Universidade Fernando Pessoa (Porto/Portugal). Atualmente sou Servidor do Poder Judiciário do meu estado. Exerci a advocacia durante 6 anos de minha vida,atuando nas áreas de Direito Civil (Família), Direito do Trabalho e do Consumidor. Fui professor do CEFET- MA (atual IFMA) por 2 anos, período em que lecionei tanto para o ensino médio quanto para os alunos de áreas técnicas as disciplinas de Sociologia, Filosofia e Metodologia do Trabalho Científico. Escrevo poesias desde os 12 anos de idade. Homem livre e de bons costumes, amante da música, da arte, da história e de viagens. Obs.: Postgraduate in Constitutional Law (University Anhanguera-Uniderp-LFG), Postgraduate in Ethics (IESM), graduated in Philosophy and Law (College); Public Server at Judiciary Power, Teacher, Poet.

sábado, 2 de abril de 2011

Recife terá grande noite do metal

Recife terá grande noite do metal com Iron Maiden





Começou a contagem regressiva para o maior show de heavy metal do ano, no Recife. Faltando poucas horas pra o Iron Maiden subir ao palco na área externa do Cento de Convenções de Pernambuco, em Olinda, Região Metropolitana, domingo à noite, cresce a expectativa para a segunda apresentação dos britânicos na capital pernambucana. Só que ao contrário do espetáculo de 2009, no Jóquei Clube, no Prado, a banda liderada pelo chefão e baixista Steve Harris mostrará canções de um novo trabalho de estúdio. O bom, porém complicado, The final frontier, lançado em 2010.

O show de domingo terá início às 20h. Mas o fã poderá entrar a partir das 16h. É importante chegar cedo e evitar filas grandes e possíveis transtornos. Por volta das 18h30, haverá o esquente com a banda pernambucana Terra Prima, que lançou, no ano passado, o álbum And life begins, com boa repercussão na mídia especializada. 
Quem garantiu o ingresso ou ainda vai comprar o tíquete de última hora pode ter certeza de uma coisa: o show vale a pena. O repertório escolhido agradará os mais velhos e até a nova geração do metal. Tem música do primeiro álbum, de 1980, e espaço reservado para canções da última década, contemplando os discos Brave new world (2000) e Dance of death (2003). Sem falar em The number of the beast (82), The trooper (83) e Two minutes to midnight (84), além do último clássico absoluto dos caras, Fear of the dark (1992).
Entre as novas, destaques para a introdução do show, com Satelite 15... The final frontier e suas batidas tribais. A apresentação começa com cenas no telão e as guitarras dissonantes ecoando nos alto-falantes. Quando a banda entra em cena, traz um hard rock grudento, feito para cantar junto. O single El Dorado tem bons solos de Dave Murray e Adrian Smith, que fazem parte dos três migos guitarristas, com Janick Gers.
A semibalada Coming home mostra a emoção de Bruce Dickinson falando sobre a paixão pela aviação e tem um belo solo de guitarra. Lá atrás, na batera, o louco Nicko McBrain e o mascote Eddie, que este ano está remodelado. Ele aparece na música Iron Maiden, antes do bis. A apresentação tem, ainda, um nova candidata a clássico: When the wild wind blows, composta por Steve Harris pra The final frontier. Com 11 minutos de duração e baseada em um riff de baixo hipnotizante e tem uma letra inteligente sobre as tragédias atuais do mundo. Dramas narrados do ponto de vista de quem assiste a tudo em casa, pelo noticiário. Para terminar com tudo, Running free, hino de rebeldia com a cara do início da banda, no anos 80.

Mapa do show:

Pois bem, que acompanha o Maiden de perto não pode perder nenhum momento dessa nova passagem dos caras por aqui. Os mais fanáticos tentarão ir ao aeroporto para dar uma espiada no Ed Force One, o Boeing que leva trupe em mais um giro pelo planeta. No caso dos curiosos, um recado: não é todo dia que um nome de tanta expressividade no show biss mundial vem para cá. Para quem gosta de premiações vale lembrar que eles ganharam o primeiro Grammy Awards, agora, com a música El Dorado. Mais um ingrediente para essa farra de som, luzes e pirotécnica previstas para logo mais. Tire a camiseta preta do armário e se prepare par um grande noite de metal.

Fonte: Portal NE10

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe do nosso blog, comentando, sugerindo e deixando o seu recado.

Postagens populares

Total de visualizações de página

Páginas