Quem sou eu

Minha foto

Me chamo Rogério Rocha. Sou maranhense da cidade de São Luís, mas na verdade me sinto um cidadão do mundo. Sou pós-graduado em Direito Constitucional (Universidade Anhanguera-Uniderp-LFG), pós-graduado em Ética (IESMA), Graduado em Filosofia e Direito (UFMA), mestrando em Criminologia na Universidade Fernando Pessoa (Porto/Portugal). Atualmente sou Servidor do Poder Judiciário do meu estado. Exerci a advocacia durante 6 anos de minha vida,atuando nas áreas de Direito Civil (Família), Direito do Trabalho e do Consumidor. Fui professor do CEFET- MA (atual IFMA) por 2 anos, período em que lecionei tanto para o ensino médio quanto para os alunos de áreas técnicas as disciplinas de Sociologia, Filosofia e Metodologia do Trabalho Científico. Escrevo poesias desde os 12 anos de idade. Homem livre e de bons costumes, amante da música, da arte, da história e de viagens. Obs.: Postgraduate in Constitutional Law (University Anhanguera-Uniderp-LFG), Postgraduate in Ethics (IESM), graduated in Philosophy and Law (College); Public Server at Judiciary Power, Teacher, Poet.

segunda-feira, 2 de maio de 2011

Usuários "encontram" esconderijo de Bin Laden pelo Google Maps


   Bin Laden encontrado e morto por soldados norte-americanos . Veja vídeos sobre terrorista

Ao escolher por visualizar as imagens de satélite, é possível entender porque o local foi escolhido como provável refúgio do criminoso. O estabelecimento é grande, isolado e cercado por muros de segurança, similar, portanto, à descrição que os principais jornais têm veiculado.
A propriedade, fosse ela o abrigo de Bin Laden ou não, já possui dezenas de comentários irônicos sobre suas características. Em uma delas lê-se: “As fontes de calor são inegáveis. Este lugar está em chamas”. Outra diz que as paredes estão cheias de buracos e, por isso, faz muito frio à noite. Por último, uma mais útil: “Há lugares melhores pelas redondezas”.
Outro usuário – se passando por Bin Laden – descreve uma série de estabelecimentos que o terrorista costumava frequentar. “Adoro essa entrada explosiva de cebolas, mas elas vão diretamente às minhas coxas”, constata a mensagem sobre orestaurante “Abottabad Red Onion”. Perto, há umadelegacia de polícia, cujos funcionários são considerados “aliados”. Sobre o local onde o fundador da Al-Qaeda estava escondido, ela fala: “Grande refúgio. Penso em utilizá-lo de novo”.
(Ian Paul)
Por PC World USA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe do nosso blog, comentando, sugerindo e deixando o seu recado.

Postagens populares

Total de visualizações de página

Páginas