Quem sou eu

Minha foto

Me chamo Rogério Rocha. Sou maranhense da cidade de São Luís, mas na verdade me sinto um cidadão do mundo. Sou pós-graduado em Direito Constitucional (Universidade Anhanguera-Uniderp-LFG), pós-graduado em Ética (IESMA), Graduado em Filosofia e Direito (UFMA), mestrando em Criminologia na Universidade Fernando Pessoa (Porto/Portugal). Atualmente sou Servidor do Poder Judiciário do meu estado. Exerci a advocacia durante 6 anos de minha vida,atuando nas áreas de Direito Civil (Família), Direito do Trabalho e do Consumidor. Fui professor do CEFET- MA (atual IFMA) por 2 anos, período em que lecionei tanto para o ensino médio quanto para os alunos de áreas técnicas as disciplinas de Sociologia, Filosofia e Metodologia do Trabalho Científico. Escrevo poesias desde os 12 anos de idade. Homem livre e de bons costumes, amante da música, da arte, da história e de viagens. Obs.: Postgraduate in Constitutional Law (University Anhanguera-Uniderp-LFG), Postgraduate in Ethics (IESM), graduated in Philosophy and Law (College); Public Server at Judiciary Power, Teacher, Poet.

sábado, 16 de julho de 2011

Ex-jogador vai de Santos à Argentina de moto e vira atração de treino da Seleção Brasileira


 . Foto: Ricardo Matsukawa/Terra

Jamelli fez sua primeira grande viagem em hobby adquirido após a aposentadoria
Foto: Ricardo Matsukawa/Terra

    FÁBIO DE MELLO CASTANHO
    TARIAN CHAUD
    Direto de Los Cardales
    Ex-jogador de Santos e São Paulo, Paulo Jamelli virou atração do treino desta sexta-feira da Seleção Brasileira, no Hotel Sofitel La Reserva Cardales. O atleta, vice-campeão brasileiro de 1995 pela equipe santista, viajou cerca de 2.300 km de Santos a Buenos Aires com a sua moto Suzuki Bolevard para acompanhar as partidas do País na Copa América.
    Jamelli assistiu ao treino ao lado da imprensa e, ao final da atividade, cumprimentou os jogadores e membros da comissão técnica. Ex-gerente de futebol do Santos, ele abraçou Neymar e Ganso, com quem conviveu no ano passado.
    A viagem foi dividida em três etapas, com pernoites em Porto Alegre e Punta Del Este, no Uruguai. Sozinho na estrada, ligava constantemente para a família, preocupada com a primeira grande viagem de Jamelli de moto.
    "Antes tinha feito só pequenas distâncias", disse o ex-jogador, que se o Brasil se classificar para as semifinais colocará a moto na estrada de novo até Mendoza. A programação é ficar na Argentina até a final, no domingo da semana que vem.
    Jamelli elogiou as condições das estradas uruguaias e disse que não levou sustos em sua primeira grande experiência em um hobby que adquiriu depois de aposentado. "Quando era jogador nem podia andar de moto para não correr riscos de lesão", disse.
    Afastado do futebol desde que foi demitido do Santos em 2010, Jamelli disse que recusou propostas para se tornar treinador, mas que ainda pretende retornar ao futebol como dirigente. Atualmente trabalha com turismo.
    Fonte: Portal Terra

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Participe do nosso blog, comentando, sugerindo e deixando o seu recado.

    Postagens populares

    Total de visualizações de página

    Páginas