Quem sou eu

Minha foto

Me chamo Rogério Rocha. Sou maranhense da cidade de São Luís, mas na verdade me sinto um cidadão do mundo. Sou pós-graduado em Direito Constitucional (Universidade Anhanguera-Uniderp-LFG), pós-graduado em Ética (IESMA), Graduado em Filosofia e Direito (UFMA), mestrando em Criminologia na Universidade Fernando Pessoa (Porto/Portugal). Atualmente sou Servidor do Poder Judiciário do meu estado. Exerci a advocacia durante 6 anos de minha vida,atuando nas áreas de Direito Civil (Família), Direito do Trabalho e do Consumidor. Fui professor do CEFET- MA (atual IFMA) por 2 anos, período em que lecionei tanto para o ensino médio quanto para os alunos de áreas técnicas as disciplinas de Sociologia, Filosofia e Metodologia do Trabalho Científico. Escrevo poesias desde os 12 anos de idade. Homem livre e de bons costumes, amante da música, da arte, da história e de viagens. Obs.: Postgraduate in Constitutional Law (University Anhanguera-Uniderp-LFG), Postgraduate in Ethics (IESM), graduated in Philosophy and Law (College); Public Server at Judiciary Power, Teacher, Poet.

quinta-feira, 14 de julho de 2011

Ladão furta empresa em Americana (SP) e deixa bilhete pedindo emprego


Mostrou iniciativa e ainda excluiu parte da concorrência!
Depois de furtar dois notebooks de uma agência de empregos em Americana (127 km de SP), um criminoso ainda não identificado pela Polícia Civil deixou um recado escrito em uma folha de agenda no qual diz estar “cansado de roubar” e ainda pede “por favor, um emprego”.
“Vou levar só os notebooks, deixo os computadores, mas por favor arrumem um emprego para mim. Tô cansado de roubar”, diz o recado. O furto na sede da empresa Ideal Recursos Humanos, no centro da cidade, ocorreu na última terça-feira (28).
“Cheguei para trabalhar na terça-feira de manhã e encontrei pastas e caixas de arquivo no chão. Achei muito estranho. Vi que dois notebooks haviam desaparecido e depois encontrei o bilhete em cima da mesa da recepção”, disse a proprietária da empresa, Adriana da Silva Jacob.
A Polícia Civil de Americana investiga o caso e ainda não sabe informar quantas pessoas teriam praticado o crime. Segundo a polícia, não há por enquanto testemunhas do furto na agência de empregos.
A proprietária disse que uma grade da janela da cozinha foi serrada para a invasão. Outros dois computadores da empresa não foram levados. Ela disse que esta é a primeira vez que a empresa é invadida depois que foi inaugurada na cidade de Americana. Cada notebook furtado está avaliado em pelo menos R$ 2.000.
“De imediato penso em reforçar a segurança e, no futuro, até em mudar a empresa para outro lugar”, disse a proprietária. Ela diz que os notebooks armazenavam centenas de fichas cadastrais de candidatos a empregos.
 Fonte: The vip news/ Uol

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe do nosso blog, comentando, sugerindo e deixando o seu recado.

Postagens populares

Total de visualizações de página

Páginas