Quem sou eu

Minha foto

Me chamo Rogério Rocha. Sou maranhense da cidade de São Luís, mas na verdade me sinto um cidadão do mundo. Sou pós-graduado em Direito Constitucional (Universidade Anhanguera-Uniderp-LFG), pós-graduado em Ética (IESMA), Graduado em Filosofia e Direito (UFMA), mestrando em Criminologia na Universidade Fernando Pessoa (Porto/Portugal). Atualmente sou Servidor do Poder Judiciário do meu estado. Exerci a advocacia durante 6 anos de minha vida,atuando nas áreas de Direito Civil (Família), Direito do Trabalho e do Consumidor. Fui professor do CEFET- MA (atual IFMA) por 2 anos, período em que lecionei tanto para o ensino médio quanto para os alunos de áreas técnicas as disciplinas de Sociologia, Filosofia e Metodologia do Trabalho Científico. Escrevo poesias desde os 12 anos de idade. Homem livre e de bons costumes, amante da música, da arte, da história e de viagens. Obs.: Postgraduate in Constitutional Law (University Anhanguera-Uniderp-LFG), Postgraduate in Ethics (IESM), graduated in Philosophy and Law (College); Public Server at Judiciary Power, Teacher, Poet.

sábado, 31 de agosto de 2013

6 (possíveis) futuros países dos quais você provavelmente nunca ouviu falar

Quantos países existem hoje no mundo? Desconfie de quem responder rápido demais. Atualmente, a Organização das Nações Unidas conta com 193 países membros e dois observadores – Santa Sé (Vaticano) e Palestina. Mas não para por aí. Estados não reconhecidos lutam para declarar sua independência e ter sua autonomia reconhecida diplomaticamente em todo o mundo. Conheça 6 possíveis futuros países dos quais você provavelmente nunca ouviu falar:
.
1. Abecásia
01_abecasia
Se perguntar para os georgianos, é bem possível que se refiram a Abecásia como uma república autônoma da Geórgia. Mas aos abecásios interessa mesmo é ter seu território reconhecido como país independente. O impasse é antigo: toda a região era integrante da União Soviética e, no final da década de 1980, a tensão entre os dois povos se acirrou. Em 1991, a Abecásia declarou sua independência, o que culminou em uma guerra com a Geórgia no ano seguinte. Mesmo depois de conflitos, negociações e acompanhamento das Nações Unidas, a disputa não foi resolvida. Em 2008, outro embate na região (dessa vez, pela independência da Ossétia do Sul) acabou promovendo uma mudança: Rússia, Nicarágua, Venezuela, Nauru, Vanuatu e Tuvalu reconheceram formalmente a independência da Abecásia naquele ano. Mas a situação está longe de ser resolvida por lá, como você vê no próximo item.

2. Ossétia do Sul
02_ossetia
Localizada a 100 metros acima do mar, a Ossétia do Sul também está dentro dos limites da Geórgia. Desde o início da década de 1990, os ossetos defendem sua autonomia – entre 1991 e 1992, após a desintegração da União Soviética, a Ossétia entrou em combate pela primeira vez com os georgianos pela sua independência. Foi o primeiro de uma série de conflitos, o mais recente deles em 2008, quando forças armadas russas tomaram partido no embate sob o argumento de “defender cidadãos russos na Ossétia do Sul e seus próprios soldados de paz estacionados na região separatista”.
A Geórgia não gostou nada. E a situação só piorou quando a Rússia reconheceu formalmente a independência da Ossétia do Sul e da Acabésia em agosto do mesmo ano – decisão qualificada por Estados Unidos e França como “lamentável”. O desejo do povo osseano é se juntar aos seus semelhantes étnicos da Ossétia do Norte, república autônoma integrante da Federação Russa. Mas este objetivo não parece estar próximo de ser alcançado: a Geórgia não reconhece nem mesmo o nome “Ossétia do Sul”, e se refere à região por seu antigo nome, Samachablo; no resto do mundo, apesar de Nicarágua, Venezuela, Nauru, Vanuatu e Tuvalu terem reconhecido a independência do território, outras 15 nações já declararam que não irão legitimar a autonomia das regiões separatistas da Ossétia e da Acabésia.
.
3. Transnístria
03_transnitria
Uma pequena faixa de terra localizada entre o rio Dniester e a fronteira ucraniana, a Transnístria é oficialmente parte da Moldávia, mas reivindica sua independência desde a década de 1990. Em 1991, o país impôs o idioma moldavo como língua oficial em todo o território, o que causou revolta na parte  russófona da população. O impasse desencadeou uma guerra civil no território separatista, que deixou mais de 700 mortos e contou com ajuda de intervenção militar russa. As nações assinaram um cessar-fogo em 1992, mas a autonomia política não foi obtida como esperado. Em 2006, um referendo realizado no país-em-potencial atestou o desejo da população de independência e união à Federação Russa. A Moldávia e a comunidade internacional não reconheceram este resultado e o conflito permanece.

4. Alto Carabaque (ou Nagorno-Karabakh)
04_carabaque
Em 12 de julho de 2012, cerca de 100 mil habitantes do Alto Carabaque compareceram às urnas para escolher o novo presidente do território pertencente ao Azerbaijão e próximo à fronteira da Armênia – na ocasião, Bako Sahakyan, quarto presidente do país, foi reeleito para um segundo mandato. A eleição foi vista com apreensão pelo mundo – o Alto Carabaque, também conhecido como Nagorno-Karabakh, não é reconhecido por nenhuma nação, nem mesmo pelos vizinhos. De maioria armena, o território é campo para conflitos e violações de direitos humanos desde a declaração unilateral de independência em 1991. Hoje, ambas as nações possuem mísseis ofensivos, e há apreensão pela possibilidade de agravação do embate entre os países vizinhos.

5. Somalilândia
05_somalilandia
Ao chegar a este país localizado no Chifre da África, é bem provável que você veja logo a bandeira da Somalilândia hasteada. Se pegar um táxi ao desembarcar no aeroporto, já vá preparado – deve pagar em moeda local, o shilling da Somalilândia. Mas, não se deixe enganar: este é um país que não existe – pelo menos, não oficialmente. O território, antigo protetorado britânico, declarou sua independência unilateralmente em 1991. Apesar de não ser reconhecido internacionalmente por nenhuma nação, o território foi historicamente autônomo: o atual território da Somália estava dividido entre Itália, França e Inglaterra no século 19; a Somalilândia pertencia ao governo britânico, e chegou a ser independente por cinco dias antes de ser unificada à Somalilândia Italiana para a formação da República Federal da Somália, em julho de 1960.

6. Chipre do Norte
06_chipredonorte
O Chipre está dividido desde 1974, quando a Turquia invadiu a ilha depois que um golpe militar (apoiado pelo governo de Atenas) depôs o governo legítimo. Não saíram mais de lá. Forças de paz da ONU estimam que 165 mil cipriotas gregos fugiram ou foram expulsos do norte, e 45 mil cipriotas turcos do sul – partes envolvidas apontam que os números são ainda maiores. Em 1983, a área ocupada pela Turquia declarou unilateralmente a independência da República Turca de Chipre do Norte. Só a Turquia reconhece o território separatista, e o país mantém cerca de 30.000 tropas no norte da ilha.
.
Imagens: Wikimedia Commons
Fonte: super.abril.com.br

Você sabe qual era o nome original da sua banda preferida?

Algumas das bandas mais famosas do mundo trocaram de nome durante suas trajetórias. Confira abaixo as principais mudanças enquanto imagina o U2 cantando seus sucessos sob o codinome de Feedback.
NIRVANA

RED HOT CHILI PEPPERS


CREED

REM

RADIOHEAD

VAN HALEN

COLDPLAY

BLACK SABBATH

THE BEATLES

LED ZEPPELIN

THE WHO

PEARL JAM

U2

OASIS

QUEEN

MAROON 5

PINK FLOYD

SNOW PATROL
Fonte: fottus.com

sábado, 24 de agosto de 2013

domingo, 18 de agosto de 2013

Os Cem Melhores Poemas do Século XX: Octavio Paz - 84º

Os Cem Melhores Poemas do Século XX: Octavio Paz - 84º

Documento da CIA confirma existência da Área 51

A Área 51, presente na cultura popular e em teorias da conspiração sobre extraterrestres, viagem no tempo e autópsias de alienígenas, apareceu em um documento oficial da CIA - a agência de inteligência americana - sobre um avião espião.  Contudo, não há dados sobre ETs. As informações são do site da ABC.
 Segundo a TV, oficiais e ex-funcionários já falavam da existência da base militar e como ela foi usada para testes do avião U-2, mas é a primeira vez que o governo americano fala abertamente sobre a existência da Área 51 e dá dados específicos sobre seu funcionamento. O relatório inclusive mostra um mapa da área.
O documento de 400 páginas relata o programa de criação dos aviões espiões U-2 e Oxcart, entre 1954 e 1974. A primeira aeronave foi usada largamente pelo governo americano durante a Guerra Fria em missões de reconhecimento. A segunda foi substituída pelo avião SR-71. O texto, contudo, não fala sobre o uso da base após 1974.
Segundo o relatório, como o U-2 e o Oxcart voavam muito mais alto que os demais aviões de sua época, eles eram facilmente confundidos com óvnis. "Os testes de alta altitude do U-2 levaram a um efeito colateral inesperado - um enorme aumento no relato de objetos voadores não identificados (óvnis)", diz o documento. A Força Aérea alegou à época que os habitantes da região estavam vendo fenômenos naturais - e não uma aeronave ultrassecreta.
"O voos do U-2 e, posteriormente, do Oxcart contam por mais da metade dos relatos de óvnis durante o final dos anos 50 e a maior parte dos 60", diz o documento.
A Área 51 foi aberta em 1955 e a segurança e a natureza secreta do local são constantes desde então. Segundo o relatório, a logística e principalmente o deslocamento de funcionários da Lockheed (que trabalhavam nos projetos) sem atrair a curiosidade da população local se tornou um desafio. A resposta foi levar de avião apenas o número necessário de profissionais na segunda-feira, e mandá-los de volta na sexta.
A Área 51 era chamada de "Paradise Ranch" ("Rancho Paraíso") ou simplesmente "the Ranch" ("o Rancho"), segundo o documento, para ficar mais atrativa aos empregados. Além disso, o texto relata três acidentes fatais com o U-2 em 1956. O Arquivo de Segurança Nacional, da Universidade George Washington, conseguiu o documento com a CIA através de um requerimento de liberdade de informação e divulgou o conteúdo na quinta-feira.
Jeffrey Richelson, que fez o pedido, recebeu uma primeira versão em 2002, mas todas as menções à Área 51 haviam sido redigidas. Ele fez um novo pedido em 2005 e, há poucas semanas, recebeu o texto com referências à base
Contudo, o documento aparentemente não dará fim às teorias da conspiração - já que partes do texto ainda estão editadas.
Fonte: Correio de Estado, Domingo, 18.08.2013

sábado, 10 de agosto de 2013

MOBY DICK - KERESZTES VITÉZ

10 imitações bizarras de produtos famosos

Tudo bem que nada se cria e tudo se copia, mas essas “marcas” levaram esse ditado a um nível bizarro. Confira as imitações de marcas mais bizarras do mundo:

Fonte: www.ocioso.com.br

'New York Times' diz que Wagner Moura está 'fantástico' em 'Elysium'


Wagner Moura arrancou elogios da crítica americana por sua atuação em "Elysium". Consagrado no cinema nacional desde a sua performance como Capitão Nascimento em "Tropa de Elite", o ator já conquista a imprensa dos Estados Unidos na sua estreia em Hollywood. Com um papel menor no filme de Neill Blomkamp,Alice Braga quase não foi mencionada nos textos.

'New York Times' diz que Wagner Moura está 'fantástico' em 'Elysium', em agosto de 2013
Crítico do New York Times vê atuação de Wagner Moura em Elysium como "fantástica"
Manohla Dargis, especialista em cinema do "New York Times", disse que o brasileiro está "fantástico", apesar de deixar claro que não gostou do longa-metragem de ficção científica. Ela também destina elogios à atuação de Matt Damon ao afirmar que ele "impede que o filme afunde". Rob Nelson, do jornal "Star Tribune", escreveu que o trabalho de Wagner foi "brilhante". O crítico Mick La Salle, do "San Francisco Chronicle", pontua o trabalho do brasileiro como "uma performance rica, colorida e baseada em um papel bem escrito".
Certamente a mídia local nem imagina que o artista encarou dificuldades com a língua. "Eu não falo inglês muito bem. Até consigo me virar em viagens, mas trabalhar em inglês é muito difícil. Mas achei um barato filmar em inglês e numa produção grande", declarou em um encontro com jornalistas em São Paulo.
Michael Pillips, do "Chicago Tribune", não deixou Alice Braga passar despercebida. Ele disse que mesmo com pouco tempo em cena, ela formou "um bom par romântico para Damon".
O filme, que também conta com Jodie Foster no elenco, se passa em 2154, quando a humanidade está dividida em duas classes: os ricos vivem em uma estação espacial chamada Elysium, e uma Terra abandonada e superpovoada.
Afastado das novelas, Wagner Moura está no elenco de "Trash", do diretor Stephen Daldry, ao lado de Selton Mello e Martin Sheen. Ainda este ano, Wagner Moura chegará aos cinemas irreconhecível como o personagem Lindo Rico no filme "Serra Pelada", de Heitor Dhalia.
Fonte: www.purepeople.com.br

Cientistas criam vacina 100% eficaz contra a Malária

O próximo passo será realizar um teste em grande escala com a PfSPZ

por Ana Freitas

Editora Globo
As fêmeas infectadas do mosquito Anopheles são responsáveis por transmitir a doença // Crédito: Shutterstock

Cientistas do Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas de Bethesda, em Maryland, nos EUA, criaram uma vacina 100% eficiente para a Malária, doença à qual 3,3 bilhões de pessoas - metade da população mundial! - estão expostas todos os anos e que, só em 2010, matou 660 mil pessoas no planeta. 

Pra você ter uma ideia de como a notícia é boa, a meta da OMS para um possível método de profilaxia para a doença exigia apenas 80% de eficácia na vacina, e essa meta estava estabelecida para 2025. 

A vacina, chamada PfSPZ, é feita de esporozoítos enfraquecidos - esporozoítos é como é chamada a forma infecciosa inicial do parasita da malária, o Plasmodium falciparum. Esse esporozoíto invoca uma resposta do sistema imunológico, como ficou comprovado com os seis sujeitos de teste que receberam cinco doses intravenosas. Todos eles, mais tarde, foram picados com mosquitos infectados pela Malária, e nenhum foi contaminado com a doença. 

O próximo passo é testar a vacina com um número maior de voluntários, em regiões de epidemia de Malária. E porque demorou tanto pra desenvolver uma vacina eficaz contra a doença? O motivo é que o processo de fabricá-la ainda é complicado - exige contaminar mosquitos com a doença e então expô-los à radiação para enfraquecer o parasita, e então tirar os parasitas direto das glândulas salivares dos mosquitos . Ainda assim, os cientistas conseguiram produzir a vacina em escala industrial.

Fonte: www.revistagalileu.globo.com

Médicos militares poderão reforçar atendimento do SUS

Da Redação

Médicos militares podem ser autorizados a trabalhar no SUS.

Uma Proposta de Emenda à Constituição sobre o assunto foi aprovada no Senado e agora segue para análise da Câmara dos Deputados.

O texto permite que os médicos das Forças Armadas tenham também cargos no Sistema Único de Saúde.

A medida ajudaria a aumentar a oferta desses profissionais no país, principalmente especialistas, como radiologistas, obstetras e oncologistas, por exemplo.

O Ministro da Saúde, Alexandre Padilha, que acompanhou as votações, destacou que a maioria dos médicos militares está no interior do país, na Amazônia e em regiões de fronteira, onde há mais carência na rede pública.

A estimativa é que cerca de seis mil médicos militares possam ser contratados para tratar da população civil, se a proposta for aprovada também pelos deputados.

Fonte: www.regiaonoroeste.com

'Os Mercenários': Banderas adere ao clube da testosterona

Dolph Lundgren, Jason Statham, Nan Yu, Randy Couture, Sylvester Stallone e Terry Crews em cena de 'Os Mercenários 2'
Dolph Lundgren, Jason Statham, Nan Yu, Randy Couture, Sylvester Stallone e Terry Crews em cena de 'Os Mercenários 2' - Divulgação
O ator Sylvester Stallone acertou a participação de Mel Gibson e do espanhol Antonio Banderas no filme Os Mercenários 3, segundo anunciou ele mesmo ao site da revista americana Entertainment Weekly.
Gibson já havia sido sondado no mês passado para fazer parte do elenco. Ele será um vilão no terceiro filme da franquia de ação. Banderas, que já atuou com Stallone no longa Assassinos (1995) foi elogiado pelo ator e roteirista. “É um ator consumado e um grande cavalheiro”, disse Stallone ao site.

Além da dupla, Arnold Schwarzenegger, Jason Statham e Jet Li estão confirmados para a sequência. Além de Harrison Ford, adicionado recentemente ao elenco no lugar de Bruce WillisOs Mercenários 3 tem estreia prevista para 15 de agosto de 2014 nos Estados Unidos.

domingo, 4 de agosto de 2013

José Aldo sofre fratura no pé direito e pode ficar 8 semanas sem lutar

por Sportv.com.br
A fratura no pé direito do lutador José Aldo, campeão dos pesos-penas do UFC, foi confirmada neste domingo. O manauara sofreu a lesão logo no seu primeiro chute na luta de sábado, no joelho do sul-coreano Chan Sung Jung, pelo evento principal do UFC 163, ou UFC Rio 4.
O site americano "MMA Fighting" foi o primeiro a noticiar a fratura. Fontes do Combate.com confirmaram a lesão, após a realização de uma tomografia na madrugada de sábado para domingo. A fratura, todavia, é pequena e não requer cirurgia. Aldo deve ficar oito semanas em tratamento. O anúncio oficial das suspensões médicas decorrentes do UFC 163 deve sair nesta segunda-feira.
Apesar da lesão, José Aldo lutou até o último round e venceu o "Zumbi Coreano" por nocaute técnico no quarto round, mantendo assim o cinturão dos pesos-penas do UFC
UFC José Aldo x Chan Sung Jung zumbi coreano (Foto: Agência EFE)
O pé direito de José Aldo aparece inchado nesta foto de seu chute em Chan  Sung Jung (Foto: Agência EFE)

Postagens populares

Total de visualizações de página

Páginas