Quem sou eu

Minha foto

Me chamo Rogério Rocha. Sou maranhense da cidade de São Luís, mas na verdade me sinto um cidadão do mundo. Sou pós-graduado em Direito Constitucional (Universidade Anhanguera-Uniderp-LFG), pós-graduado em Ética (IESMA), Graduado em Filosofia e Direito (UFMA), mestrando em Criminologia na Universidade Fernando Pessoa (Porto/Portugal). Atualmente sou Servidor do Poder Judiciário do meu estado. Exerci a advocacia durante 6 anos de minha vida,atuando nas áreas de Direito Civil (Família), Direito do Trabalho e do Consumidor. Fui professor do CEFET- MA (atual IFMA) por 2 anos, período em que lecionei tanto para o ensino médio quanto para os alunos de áreas técnicas as disciplinas de Sociologia, Filosofia e Metodologia do Trabalho Científico. Escrevo poesias desde os 12 anos de idade. Homem livre e de bons costumes, amante da música, da arte, da história e de viagens. Obs.: Postgraduate in Constitutional Law (University Anhanguera-Uniderp-LFG), Postgraduate in Ethics (IESM), graduated in Philosophy and Law (College); Public Server at Judiciary Power, Teacher, Poet.

domingo, 6 de abril de 2014

Fotógrafos encontram fotos da Primeira Guerra Mundial em câmeras antigas



Soldados posam para a foto em uma trincheira. Da coleção de fotos encontradas por Chris A. Hughes
O fotógrafo canadense Chris A. Hughes comprou uma câmera estereoscópica francesa Richard Verascope de 1914 e encontrou uma bela surpresa: havia em seu estojo dois pacotes de slides com fotos que, ele descobriu depois, foram tiradas por um soldado francês durante a Primeira Guerra Mundial.

Soldados no que parece ser um funeral. Da coleção de fotos encontradas por Chris A. Hughes


Soldados tentam ajudar companheiro ferido. Da coleção de fotos encontradas por Chris A. Hughes
E o legal é que os slides traziam uns rabiscos com datas e o local onde foram tiradas, além de outras informações.
Esse tipo de câmera cria duas imagens da mesma cena para que, quando vistas por meio de um visualizador adequado, deem a sensação de que a foto é tridimensional – assim como as que estão neste post, graças ao trabalho de edição de Hughes.
Agora, ele está empenhado em encontrar mais câmeras antigas com filmes dentro. Dá para ver os seus achados em seu site, neste link.
No começo deste ano, outro fotógrafo, Anton Orlov, também encontrou fotos da Primeira Guerra Mundial dentro de uma câmera estereoscópica francesa Jumelle Bellieni que comprou em um antiquário. Eram oito fotografias, tiradas em algum lugar da França. As outras fotos estão em seu blog, aqui.

Casa em um rio após bombardeio. Da coleção de fotos encontradas por Anton Orlov

Fonte:  Guia do estudante Abril

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe do nosso blog, comentando, sugerindo e deixando o seu recado.

Postagens populares

Total de visualizações de página

Páginas